segunda-feira, 16 de abril de 2012

Frigideira de Chuchu



Esta receita tem tradição na família da Iara. Vem do norte de Minas, quase Bahia. Iara aprendeu com a mãe, Dona Flor, que era funcionária dos Correios em Araçuai, depois mudou pra Daimantina. Lá dos Gerais de Rosa, do Jequitinhonha, das bonecas de cerâmica, do lombo de burro carregando bruacas  com chuchu, quiabo, banana e mangarito (que virou uma miragem pra mim, pois só conheço de fotografia), broto de samambaia que depois teve o consumo proibido por ser cancerígeno. Pobre samambaia, tão bonita e tão mal afamada! Se um dia tiver câncer já aviso, não culpem a samambaia, poi nunca comi. 

Chuchu 
Sal
Pimenta do reino moída
Óleo para refogar
Alho 
Cheiro verde 
Ovo 
Farinha de mandioca
Manteiga ou margarina par untar o refratário

Descasque o chuchu e pique em cubos bem pequenos, pequenos mesmo. Esquente o óleo (1 colher de sopa) e jogue o chuchu. Sal a gosto. Pimenta moída e cheiro verde picado. Não precisa refogar mais que uns três minutos. Bata ovo bem batido e junte uma colher de farinha de mandioca para cada ovo. Salgue a mistura de ovo batido com a farinha de mandioca, lembrando que o chuchu já tem sal. Junte a esta mistura o refogado de chuchu, misture bem. Unte um refratário com manteiga e despeje a mistura do chuchu etc. Ponha pra assar. Quando formar aquela casca linda como a da foto, tá pronta.

Este prato é simples demais e dá um excelente resultado. Ótimo para acompanhar uma carne assada ou uma carne de panela. Um dia desses vou postar aqui suflê de chuchu que também é muito bom, mas esta frigideira é melhor e dá menos trabalho. O Minas, sô!



 

Um comentário:

  1. Minas é comigo mesmo..."inté"...rsss..já morei lá por cinco anos.Nunca comi uma comida tão saborosa quanto a de Minas.Ainda cozinham na banha de porco,o sabor muda.
    Já passei em todos os lugares que vc citou.Conheço bem o Vale do Jequitinhonha e fiz muitas matérias sobre as "viúvas da seca".A comida de fogão à lenha sempre me atrai....não tem comida mais deliciosa,pode ser apenas um arroz com feijão,mas tem sabor diferente.
    Minas Gerais,é meu sonho de consumo....kkk..
    Abços

    ResponderExcluir